Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Trabalhar ao Sábado – dia extra

por Um Gajo Na Merda, em 20.10.18

Confesso que durante vários anos fiz cara feia sempre que me era proposto trabalhar ao Sábado, depois de uma semana inteira de trabalho. Os motivos eram vários, desde a simples consciência de que algo falhou na empresa, e que alguém geriu mal, e isso iria acarretar mais custos, até à simples e legitimo sentimento de falta de liberdade para mais um dia de trabalho. E isto tudo, claro, ignorando completamente a oportunidade de ganhar um dia extra, a ser pago a 100%.

Hoje já não penso bem assim, embora ainda me custe um pouco, talvez a primeira hora de serviço. Habituei-me a pensar que para além de estar a ganhar algum dinheiro extra (que tanta falta faz ao final do mês), também estaria a ajudar a empresa, sobretudo nestes últimos meses do ano, onde a produção aumenta de forma explosiva.

Hoje será mais um dia de produção. Leitor de mp3 preparado, podcasts prontos, bateria cheia. Aqui vou eu para mais um Sábado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:54

E quando a falta de argumentos levam ao insulto?

por Um Gajo Na Merda, em 18.10.18

As discussões surgem naturalmente. É bom discutir. Trocas opinião, pontos de vista diferentes e boas argumentações, fazem muitas vezes fluir amizades.

Pessoalmente, gosto de discutir. Na Internet na gostei mais. O insulto gratuito quando existe falta de argumentos começa a ser padrão. Pior, só mesmo insinuações e acusações pessoais. A Internet actualmente dispõe de uma base de dados incrível, e tudo o que seja informação disponível pode ser adquirida em minutos. Então, porque é que se parte rapidamente para o insulto? Não deveríamos também ter evoluído nesse sentido? 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:50

Adeus, Montserrat Caballé

por Um Gajo Na Merda, em 06.10.18

Não vou ser hipócrita: conheci Montserrat Caballé através do  desafio que Freddie Mercury fez à cantora de ópera em 1987. 

O álbum Barcelona foi durante alguns meses o meu predilecto da carreira a solo de Freddie. Hoje já não consigo compará-lo. Prefiro admirar por inteiro toda a obra do mítico vocalista dos Queen. 

Mas Montserrat Caballé mereceu desde logo a minha atenção, desde que ouvi pela primeira vez a bela cação Barcelona. Seguiu-se How Can I Go On, e fiquei rendido ao trabalho harmonioso que a cantora conseguia introduzir nas melodias cheias de alma de Freddie Mercury. A combinação foi perfeita. O álbum é magnífico. Todas as faixas são dotadas de uma incrível perfeição e combinação de talentos. 

Mais tarde conheci um pouco mais do encontro que juntou ambos. Deve de ter sido momentos fantásticos, que se fosse hoje, seriam certamente recordados através de documentários. Mas ficaram entre eles. No segredo de ambos, pelo menos aquilo que mais importou. 

Hoje o mundo da música perde mais uma excelente intérprete, e que marcou a história pela ausência de preconceito. O trabalho de ambos ficará na história e servirá de exemplo para os mais audazes. Até sempre, Montserrat Caballé. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:18

Vamos aguardar pela justiça do caso Cristiano Ronaldo

por Um Gajo Na Merda, em 04.10.18

E de repente, o nome de Cristiano Ronaldo, é novamente atingido pelo lado negro da força. A maioria dos portugueses já tomou uma posição, mesmo que todas as acusações que neste momento está a ser acusado sejam verdade. E se por mero acaso, a violação aconteceu, mas ficou resolvido com uma simples questão monetária, o problema é da vítima, que repente ficou novamente sem dinheiro e decidiu da própria cabeça pedir mais.

A verdade é que neste momento estamos todos pendentes da decisão da justiça, que até ser julgado, é inocente. Contudo, não deixa de ser demasiado evidente que a opinião pública se molda consoante o protagonista, e a “antagonista”.

Há o pânico de o capitão da selecção nacional, ídolo galáctico e um dos melhores jogadores do mundo, ser um violador. Há esse receio, mas e se for?

O facto de ter acontecido, e abafado com dinheiro, já deita por terra o meu total respeito pelo jogador e homem que é Cristiano Ronaldo. Espero bem que seja tudo uma grande mentira. Mas as notícias, os vídeos, as fotografias e as trocas de emails (alegadamente trocados), não abonam a favor do CR7.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:31


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D